Ilhas Bruma – Açores

Açores Online "Antes morrer livres que em paz sujeitos"

Açores asseguram poupança de 12 milhões de euros em encargos financeiros

O Vice-Presidente do Governo dos Açores anunciou hoje que a Região conseguiu obter “novas condições de financiamento” que vão assegurar uma “poupança de 12 milhões de euros”.

“Esta renegociação permitiu reduzir as taxas de juro dos financiamentos existentes para um valor substancialmente mais baixo, inclusivamente daquilo que a República está a conseguir obter”, afirmou Sérgio Ávila.

O governante revelou que a taxa fixa obtida pelo Governo dos Açores foi de 1,85 por cento, realçando que se trata de uma taxa “bastante abaixo do padrão médio do país para financiamentos a 10 anos, que está nos 2,4 por cento”.

Sérgio Ávila salientou que a poupança de 12 milhões de euros agora alcançada tem também a vantagem adicional de tornar a Região “imune a riscos de liquidez nos mercados a médio prazo”, permitindo ainda “suavizar de forma significativa” o perfil de reembolso dos financiamentos e, com isso, “criar um adicional de estabilidade nas finanças regionais”.

“Este processo, que agora concluímos com enorme sucesso, demonstra, mais uma vez, a credibilidade dos Açores nos mercados financeiros internacionais, na medida em que conseguimos não só anular qualquer risco de liquidez, como também uma poupança muito significativa, na ordem dos 12 milhões de euros, e assegurar valores de taxas de juro significativamente abaixo daqueles que a República tem conseguido obter”, afirmou o Vice-Presidente do Governo.

Sérgio Ávila enfatizou “o trabalho profundo, efetuado ao longo dos últimos meses”, para a conclusão deste processo de reestruturação, no valor de 147,5 milhões de euros, o qual cria condições para “uma sustentabilidade reforçada das finanças públicas regionais”.
GaCS/CT

Comments are closed.

%d bloggers like this: