Ilhas Bruma – Açores

Açores Online "Antes morrer livres que em paz sujeitos"

Tag Archives: Rali

Sata Rallye Açores: Classificação Final

  
         

Rali Serras de Fafe: Classificação final



Rali Serras de Fafe: Classificação Após a Especial 2 – Confurco 2 – 6.35Km



Vila Franca/São Brás – 2 – Sata Rali Açores

Vila Franca/São Brás – 2 – Sata Rali Açores

20140517-162937.jpg

20140517-162949.jpg

20140517-163006.jpg

20140517-163018.jpg

20140517-163033.jpg

20140517-163159.jpg

20140517-163211.jpg

20140517-163245.jpg

20140517-163234.jpg

20140517-163305.jpg

20140517-163325.jpg

20140517-163317.jpg

20140517-163349.jpg

20140517-163337.jpg

20140517-163357.jpg

Vila Franca/São Brás – Sata Rali Açores

Vila Franca/São Brás – Sata Rali Açores

20140515-180020.jpg

20140515-180049.jpg

20140515-180126.jpg

20140515-180147.jpg

20140515-180221.jpg

20140515-180206.jpg

20140515-180244.jpg

20140515-180232.jpg

20140515-180323.jpg

20140515-180331.jpg

20140515-180311.jpg

20140515-180337.jpg

20140515-180345.jpg

20140515-180352.jpg

20140515-180406.jpg

20140515-180419.jpg

20140515-180359.jpg

20140515-180428.jpg

20140515-180300.jpg

20140515-180040.jpg

20140515-180032.jpg

Apresentação Sata Rali dos Açores

Apresentação Sata Rali dos Açores

Ricardo Moura venceu o Rali Além Mar Santa Maria 2013

Ricardo Moura venceu o Rali Além Mar Santa Maria 2013.

Rally Cidade de Guimarães 2013: Ricardo Moura desiste na 3ª Especial

Ricardo Moura desiste na 3ª Especial – Rotas das Cutelarias 2.
Um “despiste” numa zona rápida, com muita chuva, leva à desistência do bicampeão nacional, nesta 2ª prova do CPR – Rali Cidade de Guimarães.
“Não tivemos uma estreia positiva com o Skoda S 2000 no asfalto, mas de qualquer forma, e apesar de todas as dificuldades, mostrámos a nossa rapidez. O rali de Guimarães foi uma prova complicada com condições atmosféricas muito inconstantes. Antes da PEC 3 ainda fiz algumas alterações na suspensão de modo a endurecer, no entanto à partida para a especial começou a chover com intensidade. Assim, fomos para o troço com um set up de suspensão para seco, pneus de seco com uma mistura dura. Ou seja tudo ao contrario das condições de piso. Numa direita rápida feita em quinta velocidade, o carro descolou de traseira subitamente e bateu com a roda de trás esquerda num morro de terra partindo a suspensão e forçando ao abandono. Eram condições difíceis e deveríamos ter sido mais cautelosos, sobretudo pelo pouco conhecimento que temos do carro no asfalto. Fica no entanto a satisfação de termos tido a sorte do carro não ter muitos estragos”, desabafou Ricardo Moura.

 

Greve da SATA cancela reservas de todo o mundo para o rali dos Açores

Greve da SATA cancela reservas de todo o mundo para o rali dos Açores.
“Este ano fizemos uma operação de promoção junto de todos os países que têm emissão de turistas para os Açores, nomeadamente Holanda, Alemanha, Itália, França, Luxemburgo, Bélgica, Polónia, Canadá e EUA, e foi tudo cancelado porque como se sabe só há um voo diário que não tem capacidade para trazer todos esses turistas aos Açores”.
“Estamos a falar de um investimento com um elevadíssimo retorno no que tem a ver, desde logo, com a projecção mediática dos Açores no exterior. E é por aí que se justifica esse apoio do Governo no sentido de tornar cada vez mais conhecidas as nossas ilhas, a nossa Região e aquilo que temos para oferecer”.
Francisco Coelho, presidente do Grupo Desportivo Comercial

Rali Serras de Fafe 2013 – Ricardo Moura é 2º

Rali Serras de Fafe 2013 – Ricardo Moura é 2º

Classificação final:

1. Bernardo Sousa (Peugeot 207 S2000), 1h13m17,8s
2. Ricardo Moura (Mitsubishi Lancer), a 46,8s
3. Pedro Meireles (Skoda Fabia S2000), a 1m10,0s
4. Jose Pedro Fontes (Subaru Impreza), a 2m27,3s
5. Miguel Campos (Mitsubishi Lancer), a 2m31,3s
6. Miguel Barbosa (Mitsubishi Evo), a 2m53,6s
7. Ivo Nogueira (Subaru Impreza), a 3m25,3s
8. Carlos Oliveira (Subaru Impreza), a 5m48,8s

Um segundo lugar no meio de dois S 2000 é excelente. Fico satisfeito por ter conseguido andar a este nível, nesta que foi apenas a minha terceira participação em ralis na zona de Fafe. É um momento importante na minha carreira, porque veio clarificar aquilo que fizemos nos dois últimos anos. Penso que esclarecemos em definitivo que o nível do Campeonato de Portugal de Ralis nos dois últimos anos já era muito elevado. Com o regresso de nomes sonantes ao CPR, demonstrámos em definitivo que os dois títulos absolutos que conquistámos, não foram obra do acaso.

Entrámos muito bem na prova, e a nossa exibição em Fafe poderia ter sido ainda melhor, caso o nosso carro de Grupo N não tivesse tantas dificuldades em pisar o mau piso durante as segundas e terceiras passagens, onde inclusive no último troço, perdemos muita potência no motor do nosso Evo IX devido a falta de ventilação do intercooler. No entanto, este foi um excelente resultado”, afirmou Ricardo Moura.

BRUNO MAGALHÃES É O VENCEDOR DO RVM 2012

 

Pos. Drivers Time Diff. Leader Diff. Previous
1
Nuno Rodrigues da Silva
02:39:41,8 0 0
2 Vitor Sá
Pedro Calado
02:39:54,4 12,6 12,6
3 João Magalhães
Jorge Pereira
02:44:21,1 4:39,3 4:26,7
4 Ricardo Moura
António Costa
02:46:24,5 6:42,7 2:03,4
5 Miguel Nunes
Victor Calado
02:48:12,3 8:30,5 1:47,8
6 Duarte Ramos
Luis Ramos
02:48:38,1 8:56,3 25,8
7 Juho Hänninen
Mikko Markkula
02:52:42,4 13:00,6 4:04,3
8 André Silva
Jorge Gonçalves
02:56:51,2 17:09,4 4:08,8

 

Rali Vinho Madeira: Ricardo Moura

Rali de Monte Carlo: Armindo Araújo continua a subir posições

Piloto do MINI JCW já é décimo classificado no Rali de Monte Carlo

Pos Pilote / Pilot Voiture / Car Temps / Time Ecart / Diff.
01 LOEB Sébastien (FRA) CITROEN DS 3 WRC 3:31:25:200 –:–:–
02 SORDO CASTILLO Daniel (ESP) MINI COOPER WRC 3:33:37:600 +0:02:12:400
03 SOLBERG Petter (NOR) FORD FIESTA WRC 3:34:44:400 +0:03:19:200
04 HIRVONEN Mikko (FIN) CITROEN DS 3 WRC 3:35:08:200 +0:03:43:000
05 NOVIKOV Evgeny (RUS) FORD FIESTA WRC 3:35:53:400 +0:04:28:200
06 DELECOUR François (FRA) FORD FIESTA WRC 3:38:04:300 +0:06:39:100
07 CAMPANA Pierre (FRA) MINI COOPER WRC 3:39:10:300 +0:07:45:100
08 TANAK Ott (EST) FORD FIESTA WRC 3:40:10:000 +0:08:44:800
09 ANDERSSON Pergunnar (SWE) PROTON SATRIA S2000 3:44:46:000 +0:13:20:800
10 ARAUJO Armindo (PRT) MINI COOPER WRC 3:46:05:900 +0:14:40:700
11 PROKOP Martin (CZE) FORD FIESTA WRC 3:46:07:700 +0:14:42:500
12 ABBRING Kevin (DEU) SKODA FABIA S2000 3:46:25:400 +0:15:00:200
13 WILSON Matthew (GBR) FORD FIESTA WRC 3:47:34:400 +0:16:09:200
14 SOLBERG Henning (NOR) FORD FIESTA WRC 3:49:23:900 +0:17:58:700
15 BREEN Craig (IRL) FORD FIESTA S2000 3:51:57:100 +0:20:31:900
16 ROBERT Cédric (FRA) CITROEN DS3 R3T 3:57:11:900 +0:25:46:700
17 BURRI Michael (CHE) PEUGEOT 207 S2000 3:57:12:600 +0:25:47:400
18 BOUFFIER Bryan (FRA) PEUGEOT 207 S2000 3:57:19:400 +0:25:54:200
19 BURRI Olivier (CHE) MITSUBISHI EVO X 4:00:12:400 +0:28:47:200
20 CHARDONNET Sébastien (FRA) RENAULT CLIO R3 4:00:40:300 +0:29:15:100

Armindo Araújo e Miguel Ramalho cumpriram, de forma muito positiva, a terceira etapa do Rali de Monte Carlo. A dupla do MINI JCW WRC tem evoluído gradualmente, à medida que o número de especiais vai aumentando, e continua a recuperar posições na classificação. Num dia onde o gelo voltou a colocar todo o pelotão em sentido e obrigou as equipas a arriscar na escolha de pneus, os portugueses da equipa Armindo Araújo World Rally Team ganharam a aposta e entrar para o grupo dos dez mais.

 

Com apenas três especiais, mas quase oito dezenas de quilómetros pela frente, Armindo Araújo voltou a ter uma etapa relativamente calma. Antes de iniciar a ligação até ao Mónaco, o piloto português estava naturalmente satisfeito por ter cumprido, de forma positiva, mais um difícil dia de prova. “As classificativas de hoje eram muito distintas pois havia uma alteração de condições e era preciso acertar na escolha de pneus para não perder tempo. O gelo que encontramos na segunda especial obrigou-nos a andar a 5 km/h mas valeu o sacrifício. Na entrada para a última especial sabíamos que a décima posição estava bem perto e forçamos um pouco mais o ritmo”, começou por dizer.

A correr pela primeira vez numa prova tão característica como o Rali de Monte Carlo, o balanço dos três primeiros dias de competição é, para o piloto de Santo Tirso, bastante positivo. “Temos conseguido melhorar de dia para dia e recuperamos muitos minutos face a alguns adversários que estava na nossa frente. É muito bom estar já no décimo lugar mas é verdade que ainda falta muito rali e nada está decidido. Amanhã temos mais quatro especiais muito exigentes e vamos mantar a calma e concentração para conseguirmos, no domingo, chegar ao Mónaco nos pontos. Tem sido uma experiencia entusiasmante”, afirmou ainda Armindo Araújo.

Para a quarta e penúltima etapa da prova de abertura do Campeonato do Mundo de Ralis 2012, está reservada duas passagens pelo mítico Col de Turini, uma delas, disputada já depois do sol-posto. A dupla apoiada pela MINI, GALP e MCA partirá para as quatro especiais pouco depois das 13H30 e regressará ao Mónaco minutos depois das 21H30.

11º RALI ALÉM MAR/XXXXIII ILHA LILÁS


Pos Equipa/Crew Carro/Vehicle Tempo Dif.
1*  TEAM ALÉM MAR
 RICARDO MOURA/Sancho Eiró
 Mitsubishi Lancer EVO IX
Grupo: N / Classe: 4
52:43.5 102km/h
2*  FERNANDO MENESES
 FERNANDO MENESES/Roberto Areias
 Subaru Impreza WRX STI N12
Grupo: N / Classe: 4
+1:00.4 +1:00.4
3*  TEAM ALÉM MAR
 LUÍS MIGUEL REGO/Pedro Rodrigues
 Mitsubishi Lancer EVO IX
Grupo: N / Classe: 4
+1:14.9 +14.5
4*  TEAM ALÉM MAR
 RICARDO CARMO/Jorge Diniz
 Mitsubishi Lancer EVO IX
Grupo: N / Classe: 4
+1:22.4 +7.5
5*  HENRIQUE MONIZ
 HENRIQUE MONIZ/Pedro Machado
 Citroen C2 R2 Max
Grupo: A / Classe: 6
+3:43.9 +2:21.5
6*  ARTUR SILVA
 ARTUR SILVA/Paulo Jesus
 Citroen Saxo CUP
Grupo: A / Classe: 6
+4:06.2 +22.3
7*  CARLOS COSTA
 CARLOS COSTA/Fernando Nunes
 Citroen C2 R2 GT
Grupo: A / Classe: 6
+5:57.8 +1:51.6
8*  CARLOS ANDRADE
 CARLOS ANDRADE/Rui Silva
 Renault Clio 2.0 Ragnotti
Grupo: N / Classe: 3
+6:39.4 +41.6
9*  TEAM PRAIA DA VITÓRIA
 OLAVO ESTEVES/Ricardo Coelho
 Renault Clio Sport R3
Grupo: A / Classe: 7
+9:39.2 +2:59.8
10*  JOÃO SILVA
 JOÃO SILVA/Gustavo Silva
 Fiat 500 Abarth
Grupo: A / Classe: 7
+9:44.2 +5.0
11*  TEAM PRAIA DA VITÓRIA
 SÉRGIO CARDOSO/Carlos Coelho
 Renault Clio Sport
Grupo: N / Classe: 3
+9:55.4 +11.2
12*  HERBERTO ALVES
 HERBERTO ALVES/Sónia Alves
 Toyota Yaris
Grupo: A / Classe: 5
+13:54.3 +3:58.9
13*  NUNO CINTRA
 NUNO CINTRA/João Silva
 Renault Clio Sport R3
Grupo: N / Classe: 3
+15:21.1 +1:26.8

RALI ALÉM MAR – SANTA MARIA

Bruno Magalhães Vence Rali Vinho Madeira

Bruno Magalhães Vence Rali Vinho Madeira. Após 7 anos um português volta a triunfar nesta prova.

Ricardo Moura termina a edição de 2011 do Rali Vinho Madeira no 7º. posto da geral com um total de 3:00:21,2.
No que diz respeito às contas do Campeonato Nacional, Ricardo Moura obtém a pontuação máxima, um resultado excelente para as aspirações a nível nacional.

Clf. Condutores Tempo Total Dif. Primeiro Dif. Anterior
1 3 Bruno Magalhães
Paulo Grave
02:53:06,1
2 8 Vitor Sá
Pedro Calado
02:54:03,7 00:00:57,6 00:00:57,6
3 1 Luca Rossetti
Matteo Chiarcossi
02:54:40,4 00:01:34,3 00:00:36,7
4 6 Miguel Nunes
Victor Calado
02:57:26,2 00:04:20,1 00:02:45,8
5 11 António Nunes
Roberto Castro
02:57:55,5 00:04:49,4 00:00:29,3
6 5 Luca Betti
Maurizio Barone
02:58:40,7 00:05:34,6 00:00:45,2
7 7 Ricardo Moura
António Costa
03:00:21,2 00:07:15,1 00:01:40,5
8 12 Pedro Peres
Tiago Ferreira
03:01:21,5 00:08:15,4 00:01:00,3
9 10 Manuel De Micheli
Daniele Michi
03:01:31,8 00:08:25,7 00:00:10,3
10 2 Antonin Tlustak
Jan Skaloud
03:01:48,4 00:08:42,3 00:00:16,6

Rali Vinho Madeira 2011

Luca ROSSETTI primeiro líder
O italiano Luca ROSSETTI, em Abarth Grande Punto, é o primeiro líder do RVM2011.
Foi 0,1 segundos mais rápido que o português Bruno MAGALHÃES (1:42.0 para 1:42.1).
O estreante polaco Maciej OLEKSOWICZ foi terceiro a mais de dois segundos (1:44.4).

Clf. Condutores Dif. Primeiro
1 1 Luca Rossetti
Matteo Chiarcossi
2 3 Bruno Magalhães
Paulo Grave
00:00:00,1
3 4 Maciej Oleksowicz
Andrzej Obrebowski
00:00:02,4
4 7 Ricardo Moura
António Costa
00:00:03,6
5 2 Antonin Tlustak
Jan Skaloud
00:00:04,1
6 10 Manuel De Micheli
Daniele Michi
00:00:04,5
7 8 Vitor Sá
Pedro Calado
00:00:04,9
8 9 Szymon Ruta
Sebastian Rozwadowski
00:00:05,8

Armindo Araújo não vai ao Rali Vinho Madeira

Apesar de equacionada a possibilidade de Armindo Araújo alinhar no Rali Vinho Madeira, o bicampeão do Mundo de Ralis Produção decidiu hoje, quinta-feira, que não alinhará na prova insular que se disputará no inicio do mês de Agosto. Após o convite dirigido pela organização, Armindo Araújo manteve de pé a hipótese de participar no rali mas, uma série de factores externos à solicitação do Club Sports da Madeira, levaram-no a optar por não marcar presença na prova.

“Antes de mais queria agradecer à organização por me ter endereçado o convite para participar na edição deste ano do Rali Vinho Madeira. O facto de não alinhar na prova nada tem que ver com a organização mas simplesmente com um conjunto de factores que depois de ponderados tiveram influencia na decisão”, começa por dizer Armindo Araújo que explica de seguida quais os motivos que terminam com a possibilidade de estar presente no rali. “Foi-nos pedido por parte da MINI para focarmos todas as nossas atenções para a fase de asfalto do WRC. A hipótese de ir à Madeira seria positiva para testarmos neste tipo de piso se o MINI WRC não fosse obrigado a sofrer um «downgrade» muito significativo para poder alinhar na prova. Fazermos quilómetros de MINI sem o kit aerodinâmico WRC e com um restritor do turbo, que obrigatoriamente teria de ser de 30mm, ao invés do habitual 33mm estaria a desvirtuar os trabalhos que temos que realizar numa fase importante para o desenvolvimento do MINI JCW WRC. Optamos por agendar testes privados com vista a preparar as próximas provas”, afirma.
[poll id=”3″]

%d bloggers like this: